Home Terra Plana Brasil O sol baixo na Terra plana, suas explicações e meu modelo do sol.

O sol baixo na Terra plana, suas explicações e meu modelo do sol.

O assunto do sol baixo causa controvérsia entre as pessoas que ainda não se desligaram do sistema, e que deixam de lado a observação científica para crerem em mentiras e em meias verdades.



A observação é e deve ser a base de tudo que se ache ser conhecimento científico.



Para que fique claro para todos, eu nunca disse que o sol "está a 12 km ou menos" (falando como se o sol sempre estivesse a esta altura), seria burrice dizer isto, o que eu sempre falo e que existem muitas provas de que sobre o mar o sol abaixa em sua altura, e inclusive nisto o sol gera as marés (não, não é a lua que atrai os mares e gera as marés, isto é tolice e mentira), então, sobre os mares o sol fica mais baixo e por vezes abaixo de algumas nuvens, 









mas sobre os continentes ele está sempre alto e assim ilumina todo o  continente,



 e só este fato do sol subir (nos continentes) e descer (nos mares) já explica o pôr do sol (ele visto abaixando atrás da linha do horizonte) e também explica os locais (no meio dos continentes) onde se vê o sol apenas se afastar, onde ele vai diminuindo de tamanho.
Assim então todos os efeitos e maneiras que vemos o sol, e em diferentes locais, são perfeitamente explicados. 



E também explica o fato de não haver marés nos rios e lagos, já que ali o sol já está muito mais alto e não provoca mais este efeito sobre as águas.

O sol variando de altura também explica como e porque acontece o fato do sol iluminar as nuvens por baixo, algo totalmente impossível com um sol a 5 mil km de altura.

Como eu já disse anteriormente, este post é para terraplanistas, é para nos aprofundarmos dentro de alguns conceitos, e não para provar algo para os cegos do sistema. 
O assim chamado "Pôr do sol", é causado por vários fatores juntos, e em cada localidade vai ser visto de forma diferente porque alguns fatores estão diferentes, tais como: a umidade do ar, a poluição do ar, a distância do mar, a altitude do observador e o relevo do local, isto tudo modifica a visão em perspectiva, que é a maneira como enxergamos tudo, onde tudo vai se   
afunilando e aparentando diminuir de tamanho conforme a distância aumenta. 
Neste modelo que apresentei todas as variantes podem ser explicadas, as variantes de "pôr do sol", as variantes nas visões dos balões e dos foguetes, as marés nos mares e a falta de marés nos continentes nos rios e lagos.


Fonte: https://www.facebook.com/groups/2224851224430452/

MAIS VISTOS

Canais Terra Planistas

Refutando a Revista Galileu Galilei

COMENTÁRIOS